Relato de um pai – Marcos

marcos2
Relato de um pai Marcos

Tornei-me pai aos 19 anos e agora com 38 anos. Fases bem distintas da vida e momentos diferentes.

Meu filho nasceu em 11/04/2013, e com a chegada do Pietro muita coisa mudou. O ritmo da vida que eu levava mudou completamente.

Antes eu tinha muito tempo sobrando quando chegava em casa, mas não o aproveitava. Ficava na internet ou vendo TV.

Hoje estou num ritmo bem legal. Quando o Pietro acorda pela manhã (após as 6 horas) eu assumo a troca da primeira fralda e brinco um pouco até a mamãe se preparar para a mamada. Após vou tomar banho, me arrumo e vou trabalhar.

Quando volto, minha tarefa é brincar com o Pietro até a hora do banho dele. É uma tarefa muito boa, pois não vejo a hora de chegar em casa para realiza-la. Fico curtindo cada momento com o Pietro e a principal recompensa é ver o sorriso bangela naquele pequeno rostinho. Acho que ele gosta de mim e fica me esperando chegar. Meu tempo livre em casa é somente durante as mamadas.  Quando o Pietro vai dormir ajudo minha esposa com os afazeres domésticos, pois eu tive muita sorte em escolher minha esposa para ser mãe do meu filho. O Pietro ganhou uma super mãe.

Atualmente estou curtindo cada momento, cada aprendizado do Pietro, cada grama de peso que ele ganha eu sinto quando seguro meu filho no colo. As vezes tento me lembrar destes momentos vividos no passado com a primeira filha e não lembro deste bem-estar que sinto hoje. Lembro-me de um sentimento de obrigação. Era outra fase, outro momento, outra cabeça.

De todas as formas, amo meus filhos.
Marcos Kny

Anúncios