CRIANDO SEU PLANO DE PARTO

O que é um plano de parto? 

Mara Freire

Um plano de parto é uma maneira de comunicar-se com as parteiras e médicos que cuidarão de você durante o trabalho de parto. Ele diz a estes profissionais sobre o tipo de parto que você gostaria de ter, o que você gostaria que acontecesse e o que você definitivamente gostaria de evitar. Ele não é escrito em pedra porque os melhores planos de parto reconhecem que as coisas podem não sair de acordo com o planejado. Você precisa escrever o plano de tal maneira que sua parteira ou médico não sintam que estão

de mãos amarradas. Eles podem precisar recomendar um novo curso de ação que pode não ser aquele que você tinha originalmente esperado, mas que é melhor para seu bebê.

Antes de começar a escrever…
Consiga o máximo de informação que puder: • Assista aulas de pré-natal. Seu médico oferecerá a você aulas no centro de saúde ou no hospital, e também há aulas disponíveis em outros locais. Uma boa professora pré-natal lhe ajudará a fazer as melhores escolhas para você. • Converse com mulheres que deram à luz no hospital ou casa de parto onde você terá seu parto, ou com mulheres que tiveram partos domiciliares, se é isto que você deseja. Descubra o quão fácil ou difícil foi para elas conseguir o tipo de cuidado que desejavam. • Converse com seu parceiro ou a pessoa que estará com você durante o parto. Que tipo de trabalho de parto e parto eles gostariam que você tivesse? Como eles enxergam o papel deles? Então junte seus “desejos de parto” num pedaço de papel – como eles vierem à sua mente. Você pode separá-los depois.
O que incluir no seu plano Aqui está uma lista de títulos que você pode querer usar no seu plano de parto. Talvez apenas alguns poucos deles sejam importantes para você. Talvez existam outros que você lembre e que não estão incluídos aqui.
Acompanhante de parto – Escreva quem você quer que esteja com você durante o trabalho de parto. Você quer que esta pessoa esteja com você todo o tempo, ou há alguns procedimentos ou estágios do trabalho de parto durante os quais você preferiria que esta pessoa saísse do local?
Posições para o trabalho de parto e nascimento – Mencione quais posições você gostaria de usar durante o trabalho de parto e para o nascimento de seu bebê. Diga também o quão ativa você gostaria de ficar: você quer ficar em posições eretas e ficar móvel o mais que puder, por exemplo, ou você prefere ficar na cama?
Alívio da dor – Diga quais tipos de alívio de dor você quer usar, se quiser usar algum, e em que ordem por exemplo, você pode preferir usar um medicamento mais leve antes de uma peridural).
Piscina – Se seu hospital ou local de parto tem uma piscina, ou se você está alugando uma para usar em casa, escreva se quer utilizá-la para alívio da dor ou para parir nela.
Monitoramento do coração do seu bebê -Diga como você quer que o seu bebê seja monitorado durante o trabalho de parto. Escreva se você quer que o médico ouça o coração do bebê intermitentemente usando um aparelho portátil ou se você quer um monitoramento eletrônico usando uma faixa amarrada em volta da sua cintura.
Nascimento assistido – Você pode querer expressar sua preferência pelo fórceps ou o extrator se, no final do trabalho de parto, você precisar de ajuda para o nascimento do seu bebê.
Posição para o nascimento – Diga se você quer dar à luz deitada na cama, ou ajoelhada, em pé ou agachada.
Terceiro estágio (a saída da placenta) – Você pode escolher tomar uma injeção para agilizar a saída da placenta, ou você pode dizer que prefere ter um terceiro estágio natural, sem drogas.
Alimentação do bebê – Seja clara e diga se você quer amamentar ou usar a mamadeira. Também seja clara se o seu bebê que será amamentado pode tomar alguma mamadeira. Se você definitivamente não quer que ele tome mamadeiras, diga isto.
Situações inesperadas – Algumas mulheres escrevem o que gostariam que acontecesse se seu bebê precisar de cuidados especiais. Elas podem querer ter permissão para estar com ele o máximo possível e para serem transferidas com ele para um outro hospital caso a transferência seja necessária. Elas podem querer pedir que seus parceiros sejam autorizados a permanecer no hospital com elas.
Necessidades especiais – Você pode ter necessidades bastante especiais que você gostaria de mencionar em seu plano de parto. Se você tem alguma deficiência, escreva que tipo de ajuda precisará durante o parto. Diga se é necessário algum equipamento especial para ajudá-la. Se você tem necessidades religiosas especiais, assegure-se de incluí-las. Pode ser importante para você que alguns rituais aconteçam enquanto o bebê nasce. Ou você pode precisar de uma dieta especial enquanto estiver no hospital. Escreva tudo isto. Os hospitais e profissionais de saúde hoje em dia estão comprometidos a ser mais sensíveis com as diferentes culturas e a tratar as pessoas como indivíduos.
Anúncios